Símbolos Vazios


O cansaço é inimigo do discernimento quando nos assalta a insegurança de conduzirmos as nossas opções de forma correcta.
Foi um sábio quem mo disse. 
Ouvi o coração no outono... apenas no outono, quando desde a primavera ele me chamava, cada vez mais alto, cada vez mais ensurdecedor. Não consegui ouvir antes, focado na odisseia a que me havia proposto. 
Vai por ali, dizia. E resistente, eu ficava, a perder e a perder, ainda não sabia eu o quê.
Ostentava símbolos vazios, ocos, julgando-os alegremente preenchidos de significado. Na realidade, há muito que só eu os via, há muito que eu deveria ver que eles nunca existiram de facto.
Foi um sábio quem mo disse...

6 comentários:

Anônimo disse...

Foi um grande sábio que to disse,
Como se fosse ele toda a Pandora.
Mereces toda a sua sabedoria,
Acho eu que vim fora da hora.

NS disse...

Olá Anónimo, e lamento desde já não ter um nome mais digno e composto para endereçar as minhas Palavras em resposta às suas tão catalisadoras da escrita.

Quem mo disse, não foi de facto a Pandora, mas aquela que Permitiu que a abrisse e desvendasse tal comenda tão humildemente recebida.

Se mereço a sabedoria, serão os meus Pares melhores sabedores nessa avaliação, mas faço por merecê-lo.

Se veio fora de hora, dependerá a que se refere, mas tacitamente no tocante ao meu Post, de facto os símbolos que outrora estiveram vazios, estão agora repletos de "força e vigor".

Obrigado por aqui estar.

Nuno

Tônico disse...

eis a saga do grande advento do ser humano
vendar-se a si próprio diante do real com festejos fúteis
criar vazios sonoros impregnados de significados inúteis
e perceber-se tão incoerente somente no outono

aí está a beleza de descobrir-se!

parabéns!
belo post!
abraços

Malu disse...

Todos nós temos símbolos vazios que vagam com tamanha importância pelos ocos da nossa alma e que vão se dissipando a medida que conseguimos um mínimo de equilíbrio sobre nós.
Há quem passa rodeado de símbolos vazios a vida toda...
Obrigada por estar pelas minhas páginas.
Abraços

NS disse...

Tônico, obrigado por comentar.
Antes tarde que nunca. Contudo, uma vez descoberto, esse conhecimento não mais será esquecido.

Abraço,
Nuno

NS disse...

Malu,
Obrigado eu, por estar aqui.

Muita gente não tem a sorte ou a oportunidade de se descobrir. Felizes os que têm o seu caminho um pouco iluminado.

Bjs,
Nuno