PELO MEIO SORRI

Sorri.
Enquanto contigo e de mim o faço.
Pela procura e pela troca, pelo nevoeiro que me surpreende.
Pela protecção que alguém precisa. Pelo conforto que alguém me pede.
Pela segurança que alguém me exige. Pelo amor que alguém me espera.

Pelo meio sorri.
Pelo menos uma vez. Pelo menos em cada gesto.
Por ti que ainda não entendes. Por mim pela satisfação.
Por quem te espera e não sabe. Por quem te espera e não sabes.
Por momentos e por tempos. Pela face e pelo corpo.
Pela mente e pelo coração. Sorri com emoção.

Pelo meio sorri.
Porque me ensinas. Porque te mostro.
Porque explicas. Porque te vejo.
Porque é bom. Porque te faz bem.
Porque queres. Porque quero.

Pelo meio sorri.
Sempre e para sempre. Hoje, amanhã e nas memórias.
Aqui, ali e em qualquer lugar.
Comigo, contigo ou com os outros.
Por temas, por lemas ou por nada.

E por último... Sorri.

2 comentários:

Momentos Anónimos disse...

:-) :-) :-)

Um sorriso abre portas, janelas, o mumdo. Trás a paz, a serenidade e a felicidade. Elimina as rugas, o mau estar e o mau humor.

Um sorriso é sempre doce, no momento em que sorris e na memória do que fica.

mil bjs
cp

NS disse...

Querida :)))

Mil e uma razões existem para sorrir.
O sorriso nem sempre é doce, por vezes até dói.
Mas em relação a abrir portas, janelas e mundo, não tenho dúvidas.

Bjs,
Nuno